A credibilidade das palavras…

A credibilidade das palavras…

A ambiguidade das palavras está nos lábios de quem as pronuncia, tomando formas diferenciada. Elas podem nos parecer corretas e sensatas ou o contrário.  Não importa se falada ou escrita a mensagem chegará a nós com novas conotações, ditas por pessoas diferentes! Às vezes, leio um texto ou ouço alguém dizendo algo e, vindo de uns me encantam; de outras me deixam confusa! Isto já aconteceu, com você?

A questão não está no texto e sim, nas pessoas. A contradição se encontra na confiabilidade  e na nossa condição mental de aceitação! As palavras vindas de quem tem crédito conosco alçam voos, criam novas perspectivas, fazendo sentido. O mesmo já não acontece com outras que, pela maneira duvidosa de se conduzirem, nos levam a ver tudo, evasivamente.  Conhecer a trajetória das pessoas faz tudo ficar lindo e coeso; caso contrário, nos parecerá descompromissado ou desorientado…  O paralelo se encontra na certeza de sermos responsáveis pelas nossas atitudes.. Somos como espelhos; esquecemos facilmente uma imagem refletida, mas jamais esqueceremos as predisposições deixadas no encontro, seja ele de longos anos ou de poucos meses. No compartilhar de nossas virtudes as palavras ganham vida e viram ações; em nossos pecados ficam fáceis de serem detectadas, na ausência do eterno e sagrado, confundindo o íntimo daquilo que não foi revelado e que, como vento inesperado, passa.

Regina.

Leiria, 08 de janeiro de 2019.

This post has already been read 637 times!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *