Na pressa, a inobservação!

Na pressa, a inobservação!

Os sonhos adolescentes, o engano da autonomia, o desejo de realização pessoal na pressa da fuga, a vontade de se desligar de laços familiares eternos, para se envolver em outro etéreo à espera do abraço, podem causar danos ao emocional do que sonha e de todos aqueles advindos da concretização, na vontade permissiva* de Deus naquilo que, se supôs, fosse sonho…

Então, numa reflexão profunda, se percebe que a pressa pode ser uma inimiga quando mal conduzida, mas pode na condução do erro, trazer benefícios de alegrias futuras, quando entra a vontade diretiva* de Deus, resultando em bênçãos, enorme maturidade e muita paz!

*Deus tem para nós, duas direções: a permissiva que contém o nosso desejo e a diretiva que é segundo a Sua vontade e que podemos agradecer, pois terá um alcance real!

Regina.

Leiria, 18 de dezembro de 2018.

This post has already been read 754 times!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *