Sintomas…

Em nenhum de nossos dias ser depressivo, é um desejo expresso na mente!
De repente o cansaço chega, o sono se vai ou a vontade de dormir se intensifica. Passamos a duvidar ou nos desconhecer e as nossas competências já não importam. O sentimento de pouca valência se instala e a identidade deixa de nos pertencer, como direito…
Alguns choram, outros se encolhem sem reação! A necessidade de encarar a vida buscando os melhores dons e talentos se acanha e aquilo que mais era apreciado, se transforma em algo angustiante, tedioso, disparatado!

Há tantas coisas que não sei, apesar de vivê-las!

Nada mais faz sentido e o interior só quer se deliciar no silêncio de apenas ver o tempo passar, e que ele passe rápido, a noite chegue e a entrega àqueles pensamentos vis e cruéis se apossam da mente e tudo que temos é um retrocesso! Uma insana e urgente necessidade de estar fechado na proteção do nós mesmos, sem vozes acusadoras, se não a do pensamento que se recusa a ir além do desejo de calar o que nos fere e não é bem-vindo…

Se você que me lê, se sente assim ou tem mais de dois destes sintomas, corra! Busque ajuda, pois a depressão passa, mas deixa sequelas! Ela é sobretudo recorrente e quando retorna, traz novos e terríveis sintomas!
Arrume a sua casa interna com a pouca força a que lhe resta e diga: vai passar!
Ah… mas se você não tem nenhum deles, que bênção! Ajude, portanto, a quem os tem! Se torne perceptivo e cerque de cuidados aqueles a quem você ama, pois depressão não é coisa de “gente fresca” ou “de gente que não tem o que fazer”! Depressão é uma doença triste e avassaladora!

Regina.

Belo Horizonte, 28 de maio de 2018.

This post has already been read 453 times!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *