Um olhar amoroso!

Você já precisou em algum momento de sua vida de alguém que só se assentasse ao seu lado e lhe ouvisse? Talvez, você nem desejasse falar, queria mesmo, era ter a certeza de que na solidão das dores, das angústias e decepções encontraria algu~em que sõ estivesse ao lado. Certamente, jã n”ao se sentiria tao sozinho e sobrecarregado!  O consolo nem sempre deve ser traduzido por palavras. Sentar ao lado, segurar a mão pode valer a retomada do nosso emocional interrompido.

Um olhar amoroso sobre todo mundo no mundo desfaz a  nossa torpe maneira de sermos julgadores e conselheiros, nos levando a ver que, mais que partilhar opiniões ou tentarmos analisar o outro, talvez devêssemos apenas nos ajudar e nos entender!

Um olhar amoroso por sobre as dores e desejos do outro recai na nossa busca por compaixão; não aquela aliada à piedade, mas à de entendimento! Um olhar ativo diante da nossa introspecção ficará triunfante na memória, naquele desejo intenso de apenas sentir a presença de alguém que n”ao nos invada!  Intimidade não significa relacionamentos que adentram espaços não permitidos! A empatia chega até nós quando as palavras não precisam encontrar lugar e se aprofundam em nós para encantar e envolver!

Regina.Leiria, 02 de janeiro de 2020.

This post has already been read 13252 times!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *