O futuro pertence a Deus!

Existe um medo sobremodo inexplicável povoando a minha mente à medida que a idade cronológica me alcança!

Ele é justificável! Sou tão lúcida, cheia de vida e atitudes e, de repente o receio das doenças degenerativas povoam o imaginário, em função do desconhecido. Independe de nós a transitoriedade de vida! Penso naqueles que perdem a lucidez e se tornam dependentes, esquecendo de quem foram ou fizeram!  Desconhecem o legado que deixaram!

Minha arma tem sido a oração! Me apego a Deus, o Senhor do tempo e do futuro, num pedido diário! Oro, para que que eu não me esqueça de quem fui, sou, serei e, também, para que não haja uma inversão de papéis no âmbito familiar!  Penso, no entanto que o futuro pertence a Ele!

Aprendi que pode ser muito benéfico para a mente, trabalhar os lapsos de memórias, fazendo leituras e escrevendo; rememorando fatos, lugares e locais, assistir a reportagens e ao final, buscar o contexto.                                                                                                                                           No meu ministério de amparar a quem precisa de mim, tento fazer com que a idade seja apenas número e minha alma e espírito permaneçam resguardados e em paz. Que Ele faça o mesmo a todos aqueles que me leem e entendem do que falo!

Que nossas vivências sejam a bela maneira de mostrar ao tempo que o reconhecemos! Ele corre célere e mesmo estando atenta, a fragilidade vem e as tentativas são vãs no processo de não envelhecer física e mentalmente! Minhas emoções muitas vezes se fragilizam, pois este medo é um terrível fantasma que procuro lançar fora a cada investida, pois meu espírito se vê protegido, no esconderijo do Altíssimo!

Regina.

Belo Horizonte, 05 de novembro de 2019.

This post has already been read 858 times!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *