Até que ponto?

Até onde erros do passado podem perseguir e ameaçar o futuro? Até que ponto nos sentiremos impotentes  pela insegurança, impaciência, peculiaridades nos traços de personalidade de quem nos busca ou escreve, pedindo socorro?

Read more