Distante Dele…

Quando somos cristãos a nossa meta é nos parecer com Jesus. Ambiciono isto a cada dia, após ter alcançado o discernimento do que é ser “imagem e semelhança” Dele! Isto trouxe a mim um peso de tristeza, pois há tanta distância entre Quem Ele É e quem eu sou! Entender a Sua Grandeza, como algo não físico me constrangeu, porque o meu senso me diz que ando aos olhos do mundo de maneira correta, usando e cuidando de minha moral! Reconheço a minha inteligência e dentro dela percebo a minha pequenez de ser, diante do Pai! Somos todos frágeis demais perante Ele, na nossa falsa ética de convivência com o outro e no tempo dedicado a Ele. As nossas intenções são boas, mas os nossos corações andam ocupados demais em outras áreas e precisaremos mudar muito nossos hábitos, para diminuir a distância que há entre nós! Meu coração é diferente do Dele; e o seu?

Minha busca permanecerá nesta efervescente vontade! Ser como sou, me incomoda e o que me leva a continuar na tentativa de me aproximar mais Dele, é saber que vivo num corpo mortal, mesmo sabendo que renasci com Ele em Sua morte de cruz, mas vivo neste mundo corrompido; tropeço e caio muitas vezes e a minha sorte é que Ele tem ciência disto! Ele nos sonda!

Sejamos sinceros em nossas orações e, se você como eu, se sente assim não desista! Certamente, o Senhor continuará atento aos nossos desejos e nos atrairá, nos ajudando a sermos melhores, pela grandiosidade de Seus amor, entendimento e perdão.

Regina.

Leiria, 15 de janeiro de 2020.

This post has already been read 155 times!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *