Escolhas…

Viver politica e corretamente nesta vida exige de nós um esforço que não desejamos, deveras, enfrentar! Estar constantemente debaixo da mira de alguém que deseja nos apontar falhas ou nos denegrir é um exercício diário de superação. Depende! A estratégia de nossas vidas foi predeterminada e cabe a nós fazer as escolhas. Deus precisava de cada um de nós, para uma missão. E a decisão, por andarmos em vitória cabe somente a nós! Podemos optar por não seguirmos o curso natural das coisas e andarmos por nós mesmos ou encontrarmos o nosso norte e seguir, sem o respeito humano que tanto nos incomoda. Há que se fazer escolhas mesmo, para que os nossos propósitos nos levem além de uma infinidade de percepções erradas que temos de nós e do outro!

É nossa livre escolha enveredar por um Caminho estreito que nos levará ao que é bom, perfeito e agradável ou nos desviarmos pelo caminho largo e ali encontrarmos prazeres que nos trarão muitas decepções! Jesus quando orou ao Pai por nós não Lhe pediu que nos tirasse do mundo, mas que nos livrasse do mal.  A escolha é nossa! Ele nos dirige, mas não interfere nos nossos desejos e em nossas escolhas! Ele nos permite realizar o desejado. Ele deseja todas as manhãs ser a nossa real inspiração e nos transmite a sua paz que nada e nem ninguém poderá nos tirar! Só quem a sente consegue explicar!

Se não nos bastasse a intimidade que a busca pelo enveredamento até Ele nos traz, receber Dele a graça é muito acima de nossas más escolhas. Ele nos prova e aprova, segundo a Sua vontade e nos espera um pouco mais adiante, logo ali, naquele lugar, onde um dia nos perdemos e nos importamos com os julgamentos e tudo aquilo que muitos olhos aguardam que façamos. Deus não se importa, se podemos ou não estamos a realizar algo que os outros esperam que realizemos. Ele só quer de nós, a obediência! Ele não gosta de nós; Ele nos ama!                            Ele espera que cuidemos, amorosamente daqueles que nos desafiam, porque somos os desafiados de Sua escolha. Ele conta que usemos as estratégias de poder e autoridade que nos deixou! Então, dê o seu melhor para as pessoas; é no nos esvaziarmos que somos preenchidos! Munidos de nossas armas de guerra, seguir adiante é tomar decisões que nos colocarão como Suas testemunhas, sobre esta Terra.

Regina.

Leiria, 11 de agosto de 2019.

This post has already been read 152 times!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *