Enorme diferença!!

Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada de dois gumes, e penetra até à divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração.Hebreus 04:12.

Experimentar do poder de Deus é reservado àquelas pessoas que se dispõem a orar. A oração e a busca frequente por mais de Deus, cria a intimidade e a facilidade na comunicação, com Ele. Ela abre as portas para o entendimento e nos faz andar, por fé!

Fé é aquela virtude que reside no nosso espírito e que nos dá um novo sentido e esperança, pois Deus nos ama, exatamente como somos! É no entendimento de que a temos que somos capturados pelas coisas do Reino e podemos falar da eternidade… Discernir que espírito é diferente da alma nos ensina um pouco mais sobre a graça dispensada pelo Senhor. A Palavra de Deus nos guia, através de Seu Espírito Santo e nos ajuda. Ele nos permite andar além daquilo que nossas vistas alcançam, enquanto a alma se agarra apenas àquilo que vê! O espírito nos transmite ajuda definitiva através do sobrenatural, do olhar para os pequenos sinais, para o que é incompreensível e impossível; nos faz ver os milagres e as maravilhas dos livramentos. Já a alma leva a nossa natureza humana, o nosso temperamento instável, tudo aquilo que é comum e corriqueiro, tanto os nossos sentimentos de amor e desamor… Ela é mundana e se corrompe facilmente, sendo sobretudo, a sede das nossas paixões, produzindo a inconstância de nossos corações! Separada do espírito nos leva às quedas, através de seus desejos, produzindo inseguranças, nos colocando no pó do qual viemos e que nos tornou quem somos. Aliada ao espírito encontra o equilíbrio, nos levantando e não permitindo a nossa desistência.

É meu desejo alimentar a minha alma com a ação do Espírito Santo que me capacita a aquietá-la! E você? A quem você tem alimentado? À alma que se preocupa com o mundo, com a leitura que o outro faz de nós, nesta necessidade constante de sermos vistos ou você se deixa levar pelo espírito, guiado pelo Espírito Santo que faz morada em nós, quando convidado? É Ele que nos livra do inimigo de nossas almas e de suas constantes investidas que trazem as rupturas que nos tornam inseguros e limitados. Ele serena a nossa alma e nos pacifica, em relação ao outro, pois já não nos importamos com as coisas do mundo; aprendemos a viver nele, mas a nossa ânsia deixou de ser sobre o que a nossa personalidade nos impõe.

Ultrapasse a barreira do impossível e conviva bem com a sua alma e o seu espírito. Se deixe guiar e desenvolva este relacionamento íntimo com Deus; é de graça e sem religiões!

Regina.


Leiria, 09 de agosto de 2019.

This post has already been read 213 times!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *