O meu Silêncio!

O Silêncio
Fala tão alto
Tantas vezes tão lento e
Inúmeras vezes
Angustiantemente
Mas é capaz de
Num rápido instante
Dizer tanto
Quanto o Vento
Que me inspira
Justifica
Sela
Faz morada em mim!
.
Às vezes o Silêncio é tão
Profundo, Potente
E Necessário
Que minha mente se alinha
Ao meu coração
E ouvem num
Uníssono
Cada acorde
Do que os move
Transforma, aguça
Em graça!
.
No Silêncio
Minhas barreiras caem
Ele fala
E eu O ouço
A me dizer
Que me ampara
Socorre
Disciplina
Me ensina
A andar em adoração
E eu me prostro
Diante a Sua majestade!
.
Regina.

Leiria, 10 de junho de 2019.

This post has already been read 150 times!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *