Plenitude

“…deu à igreja, a qual é o seu corpo, a plenitude daquele que a tudo enche em todas as coisas.”Efésios 01:22 e 23

A palavra “plenitude” saltou aos meus olhos, ao ler este trecho do versículo contido em Efésios.  Entender sobre ela e o desejo de saber o significado no texto me levou ao dicionário. Ele me disse sobre ser “inteiro, completo; na totalidade e integridade”. Similares a ela estão outras palavras que definem e me fizeram entender melhor: “perfeição, apuro, arte, correção, esmero, exatidão, justeza, precisão, primor, quilate, rigor, beleza”. Somos a igreja de Cristo e Ele espera que sejamos plenos! Ao me apropriar do sentido dado ao versículo, nenhum sinônimo me trouxe a certeza de que, como igreja  estejamos perto de nenhum sinônimo… somos a igreja, mas não nos enquadramos nestes valores! Precisaríamos nos esquecer deveras, para não desejarmos mais viver, por nós mesmos. O que Jesus nos propõe é sermos semelhantes a Ele! Ele sim é plenitude!

O esmero envolvido no significado demonstra o nosso sonho de sermos verdadeiramente, imagem e semelhança, mas as muitas tristezas, inquietações e as ansiedades nos impedem de andarmos de acordo. O que nos colocaria plenos seriam as nossas ações, associadas ao desejo premente do coração! Já “não há nenhuma condenação”, sobre nós, então, compartilhar o amor de Cristo nos dará neste amor distinguido, liberdade! Precisamos aceitar o convite de levar a Sua Palavra. Lembra-se do comissionados, antes Dele subir aos céus? Mateus 28: 19 e 20

Isto nos leva ao fato de que, se não há mais condenação, já não somos mais pecadores e isto deveria tomar conta de nós, no enquadramento do quilate valoroso que, como filhos do Deus Altíssimo precisamos possuir! Temos um relacionamento com Cristo e isto pode ser a correção perfeita para o alinhamento da igreja em plenitude! É na nossa busca por intimidade com Este Deus de amor que baniu a lei do pecado que nos dominava e nos apontava o aprisionamento que precisamos adentrar! Na justeza Dele fomos justificados e a paz que excede a todo entendimento está sobre nós!

Cada palavra lida no similar foi me dando sentido, para o versículo. Desejo buscar por mais de meu Amado, até a Sua volta! Aí sim,  livre de tudo aquilo que me impede de viver fora de mim mesma, buscando maior proximidade não terei medo do futuro e saberei o preço de tudo que foi conquistado na cruz. Isto é plenitude! Será assim, com você?

Regina.

Leiria, 13 de maio de 2019.

This post has already been read 383 times!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *