Estimule o seu bebê!

Trabalhar com crianças em idade tenra nos leva a enxergar a gama enorme de possibilidades que veem naquele pacotinho lindo e querido buscado na maternidade. Os bebês chegam na escola cada dia mais cedo e na observação, percebemos a vivacidade acontecer. No crescimento é estabelecida a sede pela descoberta e a alegria da aprendizagem! Os milhões de neurônios com que nascem jamais serão totalmente utilizados. É sabido que nascemos com bilhões deles! Pesquisas recentes revelam que “um bebê nasce com aproximadamente cem bilhões de neurônios e, na vida adulta, em média, ele terá vinte bilhões”. Esta é a razão de observarmos o desenvolvimento infantil, aproveitando todo este potencial. Células neurais não estimuladas morrem! Na primeira infância elas estão disponíveis em profusão e cabe a nós, aliados à família estimular e ajudar a estabelecer as conexões neurais.

As informações abaixo são muito pertinentes:

* A partir dos dezoito dias de gestação, o cérebro começa a desenvolver as células do sistema nervoso, os neurônios.

* Na trigésima semana de gestação o cérebro está desenvolvido.

* Um neurônio – dependendo de qual tipo – pode estabelecer de 1 a 100 mil conexões. Em média, um neurônio estabelece 10 mil conexões.

* Um bebê gasta 65% do insumo de energia no desenvolvimento cerebral.

* O peso do cérebro de um bebê ao nascer é de aproximadamente 750 gramas, quase 25% do seu peso.”

Sabendo disso é nossa responsabilidade auxiliar pais na necessidade de estimulação dos pequeninos! Na escola fazemos isto de maneira lúdica e feliz, através de conversas, movimentações e pantomimas (“arte de motivar, através dos gestos e/ou expressões faciais, os sentimentos, pensamentos, ideias, sem utilizar palavras; mímica”), fazendo a leitura de pequenos textos, realizando atividades psicomotoras, descortinando desta maneira o vasto mundo, fazendo uso de  imagens aliadas à nomenclatura. Nos pequenos projetos de interesse para cada faixa etária, apresentamos possibilidades e avaliação e desenvolvimento. É preciso cuidado, para se queimar etapas, pois tudo se torna importante, no processo!

É, também, no proveito da profusão de neurônios que criamos hábitos, através de combinados, estabelecendo premiações e sanções, dentro de quantidade e qualidade. Não há que se sobrecarregar os pequeninos!

Estimule o seu bebê; ele não precisa estar na escola, para encantar você, demonstrando sua curiosidade e competência!

Regina.

Leiria, 01 de abril de 2019.

.

This post has already been read 587 times!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *