Revigorados.

Preserve o seu coração de tudo aquilo que possa movê-lo. para direções contrárias. Quando guardamos o nosso coração, vivemos em paz, nos preocupamos com as pessoas, reformulamos nossas abordagens, desafiamos corajosamente, tudo aquilo que para muitos é vergonhoso ou não traz retorno. Ajudar a quem precisa de nós será sempre o desafio mais urgente!

Se a nossa mente tenta controlar o que nos diz o coração, é hora de repensar as estratégias, pois nem sempre a sabedoria concentrada ali, se sobrepõe ao coração. Nossas almas carregam um quê de possibilidades que o raciocínio lógico, jamais explicará! Porém, existem situações em que a mente alinhada ao coração nos torna leves, em meio à soluções eficazes. Acalme a sua mente e ela verá uma nova perspectiva onde cuidar, é amar.

Nada é pior que a injustiça de ver a necessidade do outro e ainda ter o desejo insano de se voltar para dentro de si mesmo. Há que haver uma ponte de ligação que nos pareça eficaz e produtiva, para construirmos os vínculos necessários, para buscarmos o outro que sofre e precisa de um alento. A construção está pronta no inconsciente e precisa destruir o egoísmo, descomplicar a vida, para sermos  pessoas melhores e com relacionamentos de reciprocidade. Quanto mais a gente se doa, mais amor adentra a vida e mais benefícios a mente alcança! Não precisamos ser admirados, mas sim termos a imagem e semelhança de Deus. Ele espera de Seus filhos; que a pureza de coração e a lealdade fidedigna de uma mente renovada nos leve a criar vínculos eternos que serão revigorados, aqui e na eternidade.

Regina.

Leiria, 29 de janeiro de 2019.

This post has already been read 297 times!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *