Porque ela é!

Entre tantos julgamentos
E falas contrárias
Eu a vejo
Se desvendando ante a mim
Entre sensibilidade e delicadeza
Suavidade e observações!
.
Todas as vezes que a vejo
Seu olhar profundo e cativante
Me faz desejar estar por perto
Para sentir seu aguçado senso de alerta;
Então, por vezes, sou eu a lhe ensinar
Mas, inúmeras vezes, sou eu a aprender!
.
Nenhuma razão há
Que eu possa citar
Em que os encontros e desencontros
Não tenham forjado em nós
Vontade de prosseguir!
.
Desafiada, aceito
As buscas e os questionamentos
Da ré confessa que se diminui
Quando e entretanto,
Se eleva, linda e serenamente!!
.
Cheia de recortes
Se expressa na face e no coração
Se rascunha em máscara de fortaleza
Mas aparece no desenho
Frágil, brilhante e repleta de encantos!
.
No esforço incessante por conhecimento
O seu caminho é de busca,
Lenta no compasso
Legítima no desejo
De ser transformada e atraída
Por um Incrível lacre do mais puro Amor!
.
Para Cássia que, sem ego, deseja ser capturada por um amor que vem do Alto!
.
Regina.

Belo Horizonte, 13 de agosto de 2018.

This post has already been read 120 times!

5a8d1917edd87072771346db5edb9538

5a8d1917edd87072771346db5edb9538

Regina Celi de Santana é educadora, com especialização na área de Educação infantil, com mais de 40 anos de experiência. Autodidata, mãe de três filhos e vovó orgulhosa de seus quatro netinhos: Gabriel, Kauã, Mateus e Joy!! Após se aposentar se tornou uma culinarista e é proprietária da "Cia Sabor e Arte", em Belo Horizonte, capital das Minas Gerais.

More Posts

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *