Família é um bem imprescindível e deveríamos entendê-la, como pais e filhos, sempre juntos! Mas nem sempre as famílias encontram o molde ideal… as interferências do mundo, o despreparo e incredulidade detonam o que deveria ser eterno e firmado num compromisso diante de Deus!

Quando isto não é observado, os problemas surgem e o repúdio ocorre num processo de divórcio coloca um fim à instituição, onde na maioria das vezes crianças se veem envolvidas e se tornam atordoadas e feridas! Num divórcio se fala em divisão de corpos e de bens! Equivocada e egoisticamente, neste ínterim,  algo mais importante que dinheiro ou coisas acontecem, ferindo sentimentos que são  acompanhados, por sensações estranhas! Eu odeio o divórcio e todas as consequências advindas dele, para todas as partes! Ele fere inocentes e a parte mais ofendida, naquilo que o motivou! Os filhos colhem o ônus da batalha travada, em meio à disputa por afetos partidos e os bens a serem repartidos… Ninguém saí ileso! Sem amor e compromisso, o que resta após ele,  é a quebra da estrutura e da crença, na instituição desgastada pelas traições, deslealdade e falta de amor…

Para um casamento seguir em frente, é preciso que haja a credulidade, em seu bom sentido que resulte em confiança e a confiança em familiaridade e a familiaridade em conhecimento e intimidade.

Todos nós merecemos isto! Ou temos tudo ou não teremos ou seremos nada!

Cuide daquilo que você conquistou!

Regina.

Belo Horizonte, 05 de dezembro de 2018.

This post has already been read 3 times!

Regina Celi

Regina Celi

Regina Celi de Santana é educadora, com especialização na área de Educação infantil, com mais de 40 anos de experiência. Autodidata, mãe de três filhos e vovó orgulhosa de seus quatro netinhos: Gabriel, Kauã, Mateus e Joy!! Após se aposentar se tornou uma culinarista e é proprietária da "Cia Sabor e Arte", em Belo Horizonte, capital das Minas Gerais.

More Posts

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *