Eu, professor!

Ser professor é esvaziar-se do conhecimento adquirido, em busca do potencial escondido dentro de cada um de nossos alunos! A nova educação nos ensinou, sobre isto e a prática se revelou maravilhosa!

Ser professor é esquecer-se em função de acalmar a alma, interagir com a mente, afagar pessoas com o nosso incentivo e muito interesse.

Ser professor é sim um sacerdócio, pois por mais que reivindiquemos o reconhecimento, ele não vem. Assim sendo, nos tornamos paixão e levamos à frente, nossas ideias e ideais.

Ser professor é levar a alegria e a entrega, para formar todas as profissões!

Ser professor é entender o talento, sem o qual seríamos incapazes de marcar vidas de forma indelével e feliz!

Como imortalizou o meu mestre e querido parceiro de escrita Rubem Alves,  quando as palavras me fogem: O caminho da verdade exige um esquecimento: é preciso esquecer-se do aprendido, a fim de se poder lembrar daquilo que o conhecimento enterrou”.

Um beijo meu, em todos os meus colegas que se entregam com paixão.

Regina.

 

 

Belo Horizonte, 15 de outubro de 2017.

This post has already been read 588 times!

5a8d1917edd87072771346db5edb9538

5a8d1917edd87072771346db5edb9538

Regina Celi de Santana é educadora, com especialização na área de Educação infantil, com mais de 40 anos de experiência. Autodidata, mãe de três filhos e vovó orgulhosa de seus quatro netinhos: Gabriel, Kauã, Mateus e Joy!! Após se aposentar se tornou uma culinarista e é proprietária da "Cia Sabor e Arte", em Belo Horizonte, capital das Minas Gerais.

More Posts

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *