Reverência e não medo!

Temei ao Senhor vós, seus santos, porque nada falta aos que o temem.  Salmos  34:09

Meditando:

Em minha infância eu tinha medo de Deus! Cresci dentro de rudimentos de homens e foi ensinada numa catequese errônea, num judaísmo que ficou no Velho Testamento quando já tínhamos cumprido, o que fora dito sobre o sacrifício de Jesus! Tudo era pecado, Deus castigava e qualquer coisa me levaria ao “purgatório”e, depois, ao inferno!!! Muitos erros e desinformação, num péssimo entendimento bíblico, para uma criança absorver! Hoje compreendo que muitas pessoas ainda vivem assim: temendo ao nosso Amado Deus!

Se sabemos que “o verdadeiro amor lança fora todo medo”, por que razão O temeríamos? O sentido de temer no dicionário  diz de receio, susto, medo, pavor ou terror. No entanto, nos diz também, de um sentimento de  respeito e reverência. É este sentimento que  devemos ter, em relação ao nosso Pai! Ele, jamais nos infundirá sentimentos de medo; ao contrário tudo que sabemos sobre Ele é o que nos é ensinado na Sua Palavra; Deus nos ama e deseja a nossa obediência! Pais humanos, seculares, também, ensinam a obediência desde a mais tenra idade…  Deus, o nosso Pai do céu, não castiga, mas corrige, assim como os pais sábios fazem, nesta Terra! Apesar de não sermos merecedores de nada, é opção Dele nos amar e nos ensinar, sobre o verdadeiro amor! Se os nossos pais fazem isto, imagine o nosso Deus!

“Amá-Lo, sobre todas as coisas e ao próximo, como a nós mesmos”, foi o cumprimento cabal de Jesus, para cada um de nós! Somos Seus santos, separados para vivermos em alegria, na expectativa urgente de Sua volta, para com Ele estarmos e reinarmos!  E é com a Sua Luz que brilha sobre nós, que  se aviva a nossa fé e o desejo de nos tornarmos mais próximos, sobretudo, porque precisamos reter o que aprendemos, como  num encontro, num afago, num abraço…

Jesus veio e cumpriu a lei! Não há razão, para entender de outra maneira as coisas concernentes ao nosso Senhor. Ele nos aguarda como Papai generoso e misericordioso quando nos dispomos a viver em intimidade com Ele! Tente; experimente! Você entrará num delicioso descanso e nada mais lhe faltará!

Oração:

Ó Papai querido, nos ajude em nossa falta de fé! Nos ensine acima de todas as coisas a amá-lo e buscá-Lo com todo nosso coração, sem medo, pois o Senhor é acolhedor e amável! Nós Lhe somos gratos, no nome de Jesus, amém.

Regina.

Deerfield Beach, 06 de outubro de 2013.

This post has already been read 6106 times!

5a8d1917edd87072771346db5edb9538

5a8d1917edd87072771346db5edb9538

Regina Celi de Santana é educadora, com especialização na área de Educação infantil, com mais de 40 anos de experiência. Autodidata, mãe de três filhos e vovó orgulhosa de seus quatro netinhos: Gabriel, Kauã, Mateus e Joy!! Após se aposentar se tornou uma culinarista e é proprietária da "Cia Sabor e Arte", em Belo Horizonte, capital das Minas Gerais.

More Posts

One comment

  1. Lindo e perfeito texto, minha amiga! Sempre disse isto para meus filhos, que devemos ter amor e respeito ao nosso Deus e aos nossos pais. Sempre pensei assim e cresci pensando assim e procuro agir assim, sempre respeitando e amando, meus pais, filhos netos, amigos, enfim ao próximo, como Jesus nos ensinou.

    Grande beijo!
    Imaculada.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *