Amor não rima com saudade…

Saudade é o jeito suave que o nosso emocional encontra,  de dizer à memória que seria bom retornar e reviver os bons momentos que ficaram no  passado…

Hoje amanheci com muita saudade… E quando ela vem, assim avassaladora, meus pensamentos se convergem, para outras paragens que meus olhos não alcançam… Meu coração fica abalado e se fere dentro deste sensível e inalterado sentimento tão abstrato, mas quase palpável!

Meu pensamento não descansa e tudo parece ficar tão ruim dentro de mim!  Ao lembrar daqueles que não posso ter junto a mim, a sensação é de impotência na geografia que faz a minha nostalgia!   Meus afetos, meus carinhos, meu cuidar, minha linda e sincera maneira de amar se limita e se ressente! Tenho tudo, mas distanciado!

De repente, porém, eu a dissipo e a distraio!  Minha saudade ameniza no olhar que cai sobre uma foto, na conversa que me diz como todos estão estão,  no compromisso interno de manter cada face bem viva, em mim. Assim o meu desassossego, momentaneamente, se vê serenado…

Amor não rima com saudade,  mas saudade rima com o meu amor e me acompanha nas minha maneira de amar, apontando para longe, nesse distante e imensurável vasto mundo que se transformou, em metades…

Regina.

Pompano Beach, 16 de outubro de 2012.

This post has already been read 214 times!

5a8d1917edd87072771346db5edb9538

5a8d1917edd87072771346db5edb9538

Regina Celi de Santana é educadora, com especialização na área de Educação infantil, com mais de 40 anos de experiência. Autodidata, mãe de três filhos e vovó orgulhosa de seus quatro netinhos: Gabriel, Kauã, Mateus e Joy!! Após se aposentar se tornou uma culinarista e é proprietária da "Cia Sabor e Arte", em Belo Horizonte, capital das Minas Gerais.

More Posts

2 comments

  1. É verdade, amiga, eu que estou perto, sinto saúdades dos meus outros filhos e netos. E acredite meu coração está apertado, porque vou voltar para casa e deixar meu filho e meus netos e a nora e a família toda dela, poque apesar dos pesares todos me tratam muito bem. O resto vai por e mail; Mas saudades que dói mesmo é do meu marido, ele era meu namorado, marido, amigo, amante, pai, companheiro mesmo de todas horas, é disso que tenho mais saudade, principalmente quando tenho que tomar uma decisão.E o que é pior que sei que ele, não volta mais, se eu vou encontra-lo um dia só o Pai é que sabe. Ainda bem que tenho amigos. Beijos. <3

    1. Quando voltar ao Brasil quero ter o prazer da sua companhia. Assim, no meu tempo por aqui, sentirei saudade, mas saberei que a terei de outra maneira.

      Hoje, quando a saudade bate, penso que me doei tanto que só me resta mesmo a divisão, para me doar por inteiro. Ser amada e necessária é muito bom, não é? Fique bem. Ao sentir saudade, visite todos eles. É só pegar o carro, um taxi, um ônibus…

      Beijo meu, minha amiga.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *