Inevitável…*

Quando me perguntam se tenho medo da morte

Vou logo respondendo:

Eu não brinco com ela e quase nos encontramos;

Não estava na minha hora!

Quando ela me levar

Peço que se lembrem da minha alegria

E do meu amor pela vida.

Não quero ninguém triste

E nem conversando “em cima de mim”

Respeite-me, por favor,

Não quero vela, nem flor

Só um pano por cima

Está de bom tamanho.

Não se esqueçam do meu travesseiro, não durmo sem ele!

Não quero sapato no meu pé;

Meia-fina faço questão.

Elegância até neste momento!

Batom cor de boca

Cabelos alinhados, sem brancos saltitantes

Vestida de pretinho básico

Assim partirei muito feliz!

É só seguir as instruções que aqui lavrei

Serei feliz para sempre

E eternamente os amarei.

O segredo da vida é rir do inevitável…

*Malu Oliveira

Obrigada à Malu que, sempre, me permite publicar sua sabedoria!

Regina.

Deerfield Beach, 02 de setembro de 2011.

This post has already been read 184 times!

5a8d1917edd87072771346db5edb9538

5a8d1917edd87072771346db5edb9538

Regina Celi de Santana é educadora, com especialização na área de Educação infantil, com mais de 40 anos de experiência. Autodidata, mãe de três filhos e vovó orgulhosa de seus quatro netinhos: Gabriel, Kauã, Mateus e Joy!! Após se aposentar se tornou uma culinarista e é proprietária da "Cia Sabor e Arte", em Belo Horizonte, capital das Minas Gerais.

More Posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *