Tanto, para dizer…

Gosto muito de saber que "o sábio é pronto, para ouvir, tardio, para falar e para irar-se." Queria ser assim; falar menos e ouvir mais… Como fazer, então, para silenciar meus lábios? Esta lição tento aprender, mas ela é difícil de assimilar e acomodar!!!

Falar nada tem demais, mas é nítido que ouvir é muito melhor! Quando ouvimos, aguçamos os nossos sentidos, entendemos mais da vida e do nosso próximo; deixamos, também, de correr o risco das falsas interpretações da fala…

Ao falar, precisamos ter certeza de que fomos entendidos, no que desejamos comunicar. A comunicação tem muitos caminhos e a interpretação errônea traz consequências tão tristes… Ferimos e somos feridos.

Que ao abrirmos as nossas bocas, de dentro de nós fluam  palavras que abençoem, para que o nosso ouvinte  possa se sentir  tocado e amado. Todos os dias, em minhas orações, peço ao Senhor, que coloque em meus lábios uma brasa viva, para que a minha fala queime de alegria e cuidados e não venha a constranger ninguém. É meu desejo incendiar corações, com palavras que edifiquem e que os ouvidos que estiverem a me escutar, possam entender a minha linguagem de amor, contida em meu muito falar…

   Regina.

Belo Horizonte, 25 de março de 2011.

This post has already been read 166 times!

5a8d1917edd87072771346db5edb9538

5a8d1917edd87072771346db5edb9538

Regina Celi de Santana é educadora, com especialização na área de Educação infantil, com mais de 40 anos de experiência. Autodidata, mãe de três filhos e vovó orgulhosa de seus quatro netinhos: Gabriel, Kauã, Mateus e Joy!! Após se aposentar se tornou uma culinarista e é proprietária da "Cia Sabor e Arte", em Belo Horizonte, capital das Minas Gerais.

More Posts

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *