Eu me importo com você! Esse blog é para inspirar, aconselhar e ajudar pessoas que precisam de uma mão amiga. Seja bem-vindo(a)!

Use amor e não beijos…

October 22nd, 2014

Melhor é a repreensão feita abertamente do que o amor oculto. Quem fere por amor mostra lealdade, mas o inimigo multiplica beijos. Provérbios 27:05 e 06.

Gosto de refletir!

Interessante é esta colocação feita, pelo rei Salomão, há tantos séculos atrás! Não é, verdadeiramente, o que temos visto, em nossos dias? Constantemente, falamos das decepções com os amigos e familiares, em relação à questão de lealdade. Eu, também, já fui ferida, nesta área e muitas vezes!!!

É verdade que conseguimos ver o erro do outro muito mais do que os nossos, mas eu aceito, de bom grado, ser confrontada, em amor! É difícil falar sobre qualquer coisa que não seja elogios quando tudo que a maioria deseja é julgar, falar sem pensar, debater, mas pelas costas!!! O transgressor olha, para o outro e sorri quando poderia, perfeitamente, abrir a boca e dizer a quem precisa ouvir! Ajudar é muito melhor do que estar frente a frente, sem uma ajuda sincera! Se amamos, temos que mostrar o nosso amor, delicadamente e com palavras amenas, porque o beijo e o peso de sermos desleais, dói, demasiadamente!

Entendo que muitas vezes, o outro não suporta a verdade, mas eu prefiro a ferida da verdade, do que o beijo que a esconde! Lealdade é honra! E precisamos de mais franqueza na vida, para que nossas feridas se cicatrizem e voltemos a confiar no outro. Jesus nos deu inúmeras lições de como agirmos, com o outro de maneira tranquila e serena!

Gosto de orar!

Senhor, nos ajude a confiar, na repreensão sincera que o outro faz a nós. Que ao fazê-la, também, ela venha carregada de cuidados, para ser bem aceita. Todos nós desejamos ser amados e honrados, com verdade, muito mais do que com afagos que não nos edificam e nem enobrece a quem os dá. Nos torne amigos verdadeiros, porque o amor é a única coisa que devemos amar ao nosso próximo, no nome de Jesus.

Regina.

Repreenda, em amor!

Honolulu, 18 de outubro de 2014.

Regina Celi

Regina Celi de Santana é educadora, com especialização na área de Educação infantil, com mais de 40 anos de experiência. Autodidata, mãe de três filhos e vovó orgulhosa de seus três netinhos: Gabriel, Kauã e Mateus!! Após se aposentar se tornou uma culinarista e é proprietária da "Cia Sabor e Arte", em Belo Horizonte, capital das Minas Gerais.

More Posts

Tags: , , , ,

Precisamos de felicidade…

October 20th, 2014

Bem-aventurada é a nação cujo Deus é o Senhor, e o povo ao qual escolheu para sua herança. Salmos 33:12

Gosto de refletir!

O tempo, em meu país é de política! Os debates se tornaram ferozes e difíceis de se assistir, porque os dois candidatos que chegaram ao segundo turno, se digladiam! Mais me parece que uma luta corpo a corpo acontecerá, em meio às ofensas e necessidade de se imporem! Nas ruas, as pessoas seguem este torpe exemplo e fazem o mesmo!!! Que triste! Não nos restaram opções!!! As alianças feitas são incompreensíveis e cheias de interesses politiqueiros, onde a moral e os bons costumes deixaram de ter importância… Triste assim…

Aqui do meu cantinho, como mineira que sou, conheço um dos candidatos: sua moral e atitudes são condenáveis, assim como seu partido!!! Ele governou o meu estado, sendo um menininho mimado”! A outra candidata é uma mulher como eu, na mesma faixa etária; forte e decidida!!! Só que não governou nos últimos anos quatro anos sozinha e nem governará, assim, caso seja eleita! Ela tem a minha simpatia, por sua postura! Tem sido achincalhada, no país… Se esqueceram de que é mulher, como a mãe, a esposa, a irmã de cada um de nós… Para ela nenhum respeito vindo do povo ou de seus oponentes…

Mesmo estando fora e impedida de votar, por motivos que independeram de mim, acompanho tudo e fico pensando: como será que Deus vê tudo isso? E percebo que, em meio à tristeza, ainda é Ele que me alegra, porque

Se o SENHOR não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o SENHOR não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela. Salmos 127:01

Assim sendo, minha esperança aguarda por mudanças e que prevaleça a verdade entre as mentiras, a paz, em meio a esta guerra de poder, a confiança, em meio a todo este embate nocivo em que se envolveram, quase todos de nossa nação.

Apesar de minha simpatia, pela atual presidenta, prefiro confiar, em Quem me guarda e me conduz, por Caminhos suaves e estreitos. Aguardo, ansiosa, como todos os brasileiros, que a situação mude, que os corações se convertam e que possamos ser chamados de felizes, na verdadeira acepção da palavra.

Gosto de orar!

Ó Pai, o meu país se perdeu, em meio à corrupção, revolta, tristeza e incompreensão… Olhe, por nós, Papai e seja nosso Guarda, neste momento de insatisfação e inconsequentes desonras. Nós desejamos que o Senhor, nosso Deus, seja Senhor naquele lugar, para que sejamos chamados de nação feliz, no nome de Jesus, amém.

Regina.

Bandeira do Brasil Nação

Honolulu, 19 de outubro de 2014.

Regina Celi

Regina Celi de Santana é educadora, com especialização na área de Educação infantil, com mais de 40 anos de experiência. Autodidata, mãe de três filhos e vovó orgulhosa de seus três netinhos: Gabriel, Kauã e Mateus!! Após se aposentar se tornou uma culinarista e é proprietária da "Cia Sabor e Arte", em Belo Horizonte, capital das Minas Gerais.

More Posts

Tags: , , , , ,

Simples descobertas…

October 18th, 2014

Processe o amor, de maneira que a vitória venha!

Fale de sonhos e eles acontecerão!

Busque pela alegria de ter memória e será encontrado o que lhe trouxe até aqui!

Anseie por ter sede e você a terá!

Sinta fome e haverá Quem a possa saciar!

Clame e você descobrirá o amor, os sonhos, a alegria da memória, a fibra, a fonte e a saciedade!!!

Regina.

papel onzecom caminho.jpg

Hawaii, 03 de outubro de 2014.

Regina Celi

Regina Celi de Santana é educadora, com especialização na área de Educação infantil, com mais de 40 anos de experiência. Autodidata, mãe de três filhos e vovó orgulhosa de seus três netinhos: Gabriel, Kauã e Mateus!! Após se aposentar se tornou uma culinarista e é proprietária da "Cia Sabor e Arte", em Belo Horizonte, capital das Minas Gerais.

More Posts

Tags: , , , ,

A história passa pelas suas mãos!

October 16th, 2014
  • Dediquei quarenta e dois anos de minha vida à educação e aos pequeninos e jamais me cansei!

    Não me graduei numa universidade, sendo autodidata. Isto demanda muito esforço, pois a didática que recebi veio do coração e de muito estudo, uma vez que não tive a metodologia ensinada aos que cursam faculdades! Nada me foi ensinado, presencialmente… Assim sendo, quando nascemos professores, aceitamos o sacerdócio! E o salário recebido, é apenas o complemento necessário, para se sobreviver. O desejo de transmitir a quem precisa, o que observamos e aprendemos, suplanta as lutas das reivindicações, porque o que pulsa internamente, é mais forte do que a moeda vigente no país.

    Fiz das escolas o meu “Parque de diversões” e  recebo, ainda, a alegria de crianças que cresceram e buscam a minha página de facebook, sem que eu as procurasse e sim, elas a mim! Assim sendo, quando professores nascem, como dizia Rubem Alves, a gente não se cansa!

    Enquanto nos revoltarmos, as crianças desejarão aprender a ler, sem que tenham quem lhes ensine! Sou daqueles professores que não quis estudar, para ter direito a títulos e para que isso lhe rendesse um novo patamar, na escala que lhe aumenta o ganho! E sim, para saber, dentro da educação e com os novos paradigmas que surgem, a maneira maravilhosa   de se ensinar uma criança a ler, não aos seis anos, mas no momento em que ela estivesse pronta e desejando construir o seu conhecimento. Através de brincadeiras e respeito ao potencial que ela traz dentro de si, podemos despertar o interesse e a interação!

    Fui e sou muito feliz ao dizer que sou uma professora cheia de títulos e cheia de seguidores, porque onde o amor à educação impera, não deliberamos e nem aguardamos do governo aquilo que está dentro de nós. Acolhi, alegremente a minha maravilhosa aposentadoria, sem a tristeza de ter levantado a voz contra nenhuma criança confiada a mim! E, quando saí da sala de aula, tive sob meu comando professores e diretores formados, em pedagogia e psicologia. Eles, muitas vezes, dependeram de mim,  porque as universidades não lhes ensinaram, na prática o que é educar para o amor aos pequeninos.

    Desta forma, hoje é dia a ser comemorado, por mim, com enorme alegria, pois o que sei e o desejo de formar cidadãos e formadores de opinião, sempre, me deixaram maravilhada, pois esta era a minha autêntica vocação.

    Não se canse e comemore muito, o seu dia, pois somos aqueles que antecedem o futuro! Seja feliz, com o título que faz com que a história de cada um, passe pelas suas mãos! Feliz “Dia do Professor”!

    Regina.

    Meu professor é feliz

    Honolulu, 15 de outubro de 2014.

Regina Celi

Regina Celi de Santana é educadora, com especialização na área de Educação infantil, com mais de 40 anos de experiência. Autodidata, mãe de três filhos e vovó orgulhosa de seus três netinhos: Gabriel, Kauã e Mateus!! Após se aposentar se tornou uma culinarista e é proprietária da "Cia Sabor e Arte", em Belo Horizonte, capital das Minas Gerais.

More Posts

Tags: , , , , ,

Eles moram no imponderável!!!

October 14th, 2014

A amizade verdadeira vive numa cumplicidade, sem palavras. Porque amigos são ligados  à superioridade do que não é comum! Amigos se entendem, sem que um precise dizer ao outro que precisa. Eles sentem e pronto e, de repente, ei-los ali acudindo, oferecendo apoio e proximidade. Vivem ao lado do outro as alegrias e as tristezas que são processadas, num entendimento invisível!!! A somativa de tudo que vivenciaram atesta,  sobre os mesmos. Muitas vezes falam, muitas outras, se silenciam… Um conselho se faz presente ou, então, apenas o amparo!!!

Tenho amigos que estiveram ao meu lado, nos momentos mais difíceis e tê-los comigo, nestes momentos, me faz compartilhar espaços do imponderável que é esquadrinhado e visitado, por Deus que os vê e sorri feliz!

Amigos são parte integrante de nossas vidas e já não saberíamos dizer, se são irmãos/amigos ou amigos/irmãos…

Regina.

Minhas amigas de sempre!

Honolulu, 04 de outubro de 2014.

Regina Celi

Regina Celi de Santana é educadora, com especialização na área de Educação infantil, com mais de 40 anos de experiência. Autodidata, mãe de três filhos e vovó orgulhosa de seus três netinhos: Gabriel, Kauã e Mateus!! Após se aposentar se tornou uma culinarista e é proprietária da "Cia Sabor e Arte", em Belo Horizonte, capital das Minas Gerais.

More Posts

Tags: , , , , ,

Analogia pertinente…

October 12th, 2014

Mas eu lhes respondi: “O Deus do céu nos dará sucesso… Neemias 02:20

Refletir é bom!

Estou no céu, em pleno voo, em minha nova aventura de viajar à sós, por vinte e três horas, com três conexões, para estar com uma de minhas paixões na Terra é surpreendente! A Terra Prometida por Deus, finalmente, se cumpriu, para ela! E lá vou eu…

Voando tão alto e por tantas horas o pensamento corre solto e, no silêncio, parece que estou tão pertinho de Deus!

Fico imaginando, numa analogia, o encontro com minha filha e como será o nosso encontro com Deus! Se estar com ela é tão bom, imagino que deva ser, incomparavelmente, melhor estar com Ele! Ele e ela me abraçam, aconchegam, cuidam, mimam, demonstram amor. Então olho de novo para o céu, lugar da Sua habitação e penso que esta analogia é pertinente! Ela deixou tudo, para estar com Ele  e por amor a Ele, numa missão de total entrega.

Então, voando assim tão perto do céu, creio que Deus ama minha filha, demasiadamente, pois me leva até ela, num paraíso em Terra, onde ela encontrou seu caminho e o sucesso! Acredito no extraordinário dinamismo de Deus e O agradeço por poder estar ao lado dela, sentindo a paz que vem Dele, como na promessa:

 E todo aquele que tiver deixado casas, ou irmãos, ou irmãs, ou pai, ou mãe, ou mulher, ou filhos, ou terras, por amor de meu nome, receberá cem vezes tanto, e herdará a vida eterna. Mateus 19:29

Feliz visão e missão que lhe garantiram a doce consolação de lhe ter entregue as nações, para servi-Lo!

Gosto de orar!

Ó Pai, obrigada por este tempo de pensamento parcial, quando sinto a Sua Presença de maneira tão avassaladora e traço um paralelo, entre o Senhor e aquela que deixou tudo, para segui-Lo! O cumprimento da promessa aconteceu e aqui vou eu, para junto de vocês, porque ela O ama tanto que nos deixou, pelo seu amor! Olha, para nós de Sua habitação e continue a nos direcionar em nossa santidade e vontade de servir, no nome de Jesus.

Regina.

Honolulu, 02 de outubro de 2014.

Regina Celi

Regina Celi de Santana é educadora, com especialização na área de Educação infantil, com mais de 40 anos de experiência. Autodidata, mãe de três filhos e vovó orgulhosa de seus três netinhos: Gabriel, Kauã e Mateus!! Após se aposentar se tornou uma culinarista e é proprietária da "Cia Sabor e Arte", em Belo Horizonte, capital das Minas Gerais.

More Posts

Tags: , , , , , , ,

Eu bem sei!

October 8th, 2014

Eu bem sei que as coisas acontecem de Cima, para baixo, de um Trono, para cada um de nós!

Eu queria voltar ao passado, vendo este futuro que já é presente, em minha vida e que me contempla…

E então, eu não teria sofrido, em vão, por tantas e pequenas coisas que não me elevavam…

Assim sendo, meu desejo é de que alguém me diga: O que era o passado, diante do que hoje vivo?

Regina.

Los Angeles, 02 de outubro de 2014

Regina Celi

Regina Celi de Santana é educadora, com especialização na área de Educação infantil, com mais de 40 anos de experiência. Autodidata, mãe de três filhos e vovó orgulhosa de seus três netinhos: Gabriel, Kauã e Mateus!! Após se aposentar se tornou uma culinarista e é proprietária da "Cia Sabor e Arte", em Belo Horizonte, capital das Minas Gerais.

More Posts

Tags: , , , , , , ,

Porque ela incomoda demais!!!*

September 30th, 2014

A melhor definição de saudade…

“Como médico cancerologista, já calejado com longos 29 anos de atuação profissional (…) posso afirmar que cresci e modifiquei-me com os dramas vivenciados pelos meus pacientes…

Não conhecemos nossa verdadeira dimensão até que, pegos pela adversidade, descobrimos que somos capazes de ir muito mais além…

Recordo-me com emoção do Hospital do Câncer de Pernambuco, onde dei meus primeiros passos como profissional… Comecei a frequentar a enfermaria infantil e apaixonei-me pela oncopediatria.

Vivenciei os dramas dos meus pacientes, crianças vítimas inocentes do câncer. Com o nascimento da minha primeira filha, comecei a me acovardar ao ver o sofrimento das crianças, até o dia em que um anjo passou por mim! Meu anjo veio na forma de uma criança já com 11 anos, calejada por dois longos anos de tratamentos diversos: manipulações, injeções e todos os desconfortos trazidos pelos programas de químio e radioterapias. Mas nunca vi o pequeno anjo fraquejar. Vi-a chorar muitas vezes; também vi medo em seus olhinhos; porém, isso é humano!

Um dia, cheguei ao hospital cedinho e encontrei meu anjo sozinho no quarto. Perguntei pela mãe. A resposta que recebi, ainda hoje, não consigo contar sem vivenciar profunda emoção.

— Tio, disse-me ela,  às vezes minha mãe sai do quarto para chorar escondido nos corredores… Quando eu morrer, acho que ela vai ficar com muita saudade. Mas, eu não tenho medo de morrer, tio. Eu não nasci para esta vida!

Indaguei:
— E o que a morte representa para você, minha querida?

— Olha tio, quando a gente é pequena, às vezes, vamos dormir na cama do nosso pai e, no outro dia, acordamos em nossa própria cama, não é? (Lembrei das minhas filhas, na época crianças de seis e dois anos e, com elas, eu procedia exatamente assim.)

— É isso mesmo.

— Um dia eu vou dormir e o meu Pai vem me buscar. Vou acordar na casa Dele, na minha vida verdadeira!

Fiquei “entupigaitado”, não sabia o que dizer. Chocado com a maturidade com que o sofrimento acelerou, a visão e a espiritualidade daquela criança.

— E minha mãe vai ficar com saudades — emendou ela.

Emocionado, contendo uma lágrima e um soluço, perguntei:
— E o que saudade significa para você, minha querida?

— Saudade é o amor que fica!

Hoje, aos 53 anos de idade, desafio qualquer um a dar uma definição melhor, mais direta e simples para a palavra saudade: é o amor que fica!

Meu anjinho já se foi, há longos anos. Mas, deixou-me uma grande lição que ajudou a melhorar a minha vida, a tentar ser mais humano e carinhoso com meus doentes, a repensar meus valores.

Quando a noite chega, se o céu está limpo e vejo uma estrela, chamo pelo “meu anjo” que brilha e resplandece no céu. Imagino ser ela uma fulgurante estrela em sua nova e eterna casa.

Obrigado anjinho, pela vida bonita que teve, pelas lições que me ensinaste, pela ajuda que me deste. Que bom que existe saudade!
O amor que ficou é eterno”.

* Texto do médico oncologista Rogério Brandão.

Regina.

Belo Horizonte, 27 de setembro de 2014.

Regina Celi

Regina Celi de Santana é educadora, com especialização na área de Educação infantil, com mais de 40 anos de experiência. Autodidata, mãe de três filhos e vovó orgulhosa de seus três netinhos: Gabriel, Kauã e Mateus!! Após se aposentar se tornou uma culinarista e é proprietária da "Cia Sabor e Arte", em Belo Horizonte, capital das Minas Gerais.

More Posts

Tags: , , , ,

Trazendo à memória!

September 28th, 2014

Quero trazer à memória o que me pode dar esperança. Lamentações 03:21

Refletir é bom!

Muitas coisas penalizavam Jeremias, após a Babilônia e a rebeldia do povo de Deus. Então, o profeta, mesmo alquebrado e cheio de lamentos não desistiu das misericórdias do Senhor, nosso Deus! O livro de lamentações expressa o sofrimento, em razão dos acontecimentos…

Hoje, tive a oportunidade de ter contato com fotos antigas de meu passado e uma dor incrível surgiu dentro de mim! Ela veio acompanhada de tanta saudade e lembranças que não me saem da memória, porque foram marcantes demais! Me vi, então, como Jeremias… Me recordei de tudo que vivi e, ao invés de murmurar, lamentei!

Lamentar pode ter várias conotações, mas nada que se assemelhe a amargura ou murmuração… Para mim, rever fotos de um tempo em que só existia, a minha família de origem, trouxe um lamento que se traduziu,  em lastimar por aqueles acontecimentos tão deliciosos e que meus filhos não puderam partilhar, porque não eram, nem uma possibilidade para mim!

Jeremias se lamentou pela desobediência de um povo e eu, por não ter vivido com maior intensidade aquele tempo que ficou no passado! Porém, como ele, numa analogia meio torta, também quero trazer à memória o que me pode dar esperança! Que meus filhos possam ter recordações lindas, como as que tive hoje! Pude ter a alegria de lhes mostrar nas fotos antigas, um acervo, de um tempo em que eles não existiam, mas que apresentam pessoas que eles tanto amam; umas ainda entre nós e outras que já se foram…

A misericórdia do Senhor faz isto com a gente: traz para o presente, um memorial extravagante de fatos ocorridos no passado, mas que retidos na memória, contam uma história!

Bom mesmo é voltar à mocidade e se redescobrir ali, na bondade deste Deus de amor! Ele já levou muitos de  nossos queridos, para Si, mas nos deu e dá a oportunidade de demonstrar amor, enquanto há vida!

Gosto de orar!

Ó Deus, obrigada pela tecnologia que, num instante me trouxe tantas memórias. Eu lhe sou grata, por seu favor, por sua graça que nos faz refletir no quanto precisamos buscá-Lo, para entender que ter o prazer de amar os que se foram e os que, ainda, estão conosco, é um privilégio que vem a nós, através de seu Reino, no nome de Jesus, amém.

Regina.

Belo Horizonte, 28 de setembro de 2014.

Regina Celi

Regina Celi de Santana é educadora, com especialização na área de Educação infantil, com mais de 40 anos de experiência. Autodidata, mãe de três filhos e vovó orgulhosa de seus três netinhos: Gabriel, Kauã e Mateus!! Após se aposentar se tornou uma culinarista e é proprietária da "Cia Sabor e Arte", em Belo Horizonte, capital das Minas Gerais.

More Posts

Tags: , , , ,

Crianças são puras…

September 26th, 2014

A cor da pureza

Em razão das drogas, um bebezinho negro foi abandonado por sua mãe em uma caixa de papelão que estava em um lixão próximo a sua casa.
O bebezinho passou toda a noite chorando de frio, fome e pelas picadas dos insetos.

Na manhã seguinte, o caminhão do lixo chegou e enquanto um coletor carregava o lixo até o caminhão, o outro apertava o botão que prensava todo aquele lixo. Enquanto conversavam, o coletor de lixo pegou aquela caixa de papelão e colocou no caminhão.

Pare! Desligue a prensa! Eu ouvi um choro de bebê…

A partir deste instante, o bebê foi levado para o hospital e foi muito bem tratado. Havia neste hospital uma assistente social branca, que se apaixonou por aquele bebezinho negro tão sofrido e desamparado. Tempos depois, ela conseguiu adotá-lo, embora já tivesse uma filha de 5 anos de idade.

O tempo passou e aquele bebezinho completou 5 anos. Num certo dia, ele estava brincando com sua irmã que já havia completado 10 anos de idade, quando, num certo momento, ela pegou nas mãos dele, olhou e depois, olhou para a sua mão, colocou a mão dele sobre a mão dela e perguntou para o menininho: — Você tá vendo a sua mão em cima da minha? — Tô sim! respondeu ele. — Qual a diferença entre elas? perguntou ela.

O menininho olhou pra ela, deu um sorriso e disse: — Ah, essa pergunta é fácil responder; minha mão é menor!!!

A irmã sorriu e deu um beijo nele!

* Autor desconhecido. Podemos não saber quem é o autor, mas fica claro, para cada um de nós que o preconceito é uma nociva consequência que se aprende, de cima, para baixo! As crianças não classificam pessoas…

Regina.

Belo Horizonte, 26 de setembro de 2014.

Regina Celi

Regina Celi de Santana é educadora, com especialização na área de Educação infantil, com mais de 40 anos de experiência. Autodidata, mãe de três filhos e vovó orgulhosa de seus três netinhos: Gabriel, Kauã e Mateus!! Após se aposentar se tornou uma culinarista e é proprietária da "Cia Sabor e Arte", em Belo Horizonte, capital das Minas Gerais.

More Posts

Tags: , , , , ,

  • Regina Celi: Ei, Maricó, minha filha, querida!! Cada encontr...
  • Mariana: Que coisa linda mãezinha! Imagina, se nossos encon...
  • Regina Celi: Ei, Ju, minha filha, querida! Nós sabemos que, se...
  • Juliana: Amém! Que segunda Ele faça a vontade dele na minha...
  • Regina Celi: Ei, Imaculada! Pode ligar quando quiser! Tudo que ...

By LYTRON Florida Web Design Web Design Fort Lauderdale